Início
  • A Paróquia
  • Horário de Missas
  • Agenda Paroquial
  • Pastorais
  • Movimentos
  • Comunidades
  •  
    Palavra de Salvação
     

    REFLEXÃO PARA O 5º DOMINGO DA PÁSCOA

    EU SOU A VIDEIRA VERDADEIRA E MEU PAI É O AGRICULTOR. TODO RAMO QUE EM MIM NÃO DÁ FRUTO ELE O CORTA; E TODO RAMO QUE DÁ FRUTO, ELE O LIMPA, PARA QUE DÊ MAIS FRUTOS AINDA”.

    Neste 5º Domingo da Páscoa lemos o evangelho de Jo 15,1-8, no qual, temos a passagem em que Jesus se compara a uma videira. Essa fala de Jesus acontece no contexto da última ceia.

    A imagem da videira é conhecida pela teologia judaica. No Antigo Testamento videira e vinha são símbolos do Povo de Deus. Israel era chamado como a videira que Deus arrancou do Egito e que foi transplantada para a terra prometida. Essa vinha foi cuidada com amor, entretanto a videira que era Israel se revelou uma verdadeira desilusão. A videira não produziu os frutos que Deus esperava.

    Na perícope que vemos na missa, Jesus se apresenta como a verdadeira videira plantada por Deus. É Cristo que irá produzir os frutos esperados pelo Pai. Jesus, a verdadeira videira, irá nascer um novo Povo de Deus.

    Os ramos desta videira são os discípulos de Jesus. Estes “ramos”, no entanto, não têm vida própria e não podem produzir frutos por si próprios; necessitam da seiva que lhes é comunicada por Jesus. Por isso, são convidados a permanecer em Jesus. O verbo “permanecer” é a palavra-chave desse texto. Supõe que o discípulo já tomou sua decisão de vida de ser fiel ao seu chamado e à sua vocação, isto é, de oferecer a vida a exemplo de Jesus.

    Pe. Túlio Marcos Ribeiro Corrêa, scj
    Pároco da Paróquia de Sant´Ana de Lavras.

     

     
     
    Clique aqui e
    confira a programação!
     
    INDIVIDUALMENTE OU EM ROMARIA, VENHA NOS VISITAR!
    Praça Senhor Bom Jesus de Matosinhos, 309 - Matosinhos - São João Del Rei | MG - cep: 36305142
    Contatos: (32) 3371-5224 (Secretaria Paroquial) e 032 9 9954 2266 (Whatsapp)
    E-mail: sbjmatosinhos@mgconecta.com.br