Paróquia do Santuário Diocesano do

Senhor Bom Jesus de Matosinhos

São João del-Rei - Minas Gerais

FIÉIS PARTICIPAM DA BÊNÇÃO DAS VELAS

03/02/2024

   No dia 2 de fevereiro, a Igreja Católica celebra a Festa da Purificação da Virgem Maria.

Em relação a esta festa, que coincide com a Festa da Apresentação do Menino Jesus no Templo e a Festa da Candelária, diz-nos a Enciclopédia Católica: “De acordo com a lei mosaica, uma mãe que desse à luz um filho do sexo masculino era considerada impura por sete dias; Além disso, tinha que permanecer trinta e três dias “purificando seu sangue”; Mas se ela desse à luz uma menina, o tempo que ela excluía a mãe do santuário era duplicado. Terminado o tempo de sua purificação (quarenta ou oitenta dias), a mãe devia trazer um cordeiro ao Templo para o holocausto; Se não pudesse oferecer um cordeiro, poderia apresentar duas rolas ou dois pombos; O padre rezava por ela e então ela ficava limpa. Quarenta dias depois do nascimento de Cristo, Maria cumpriu este preceito da Lei; “ela redimiu seu primogênito no Templo”.

A bênção das velas

A bênção das velas tem raízes profundas na história da Igreja. Este costume é praticado desde o século VII na festa da Purificação de Maria! “A cera, extraída das flores pelas abelhas virgens, simboliza a carne pura de Jesus, recebida de sua Mãe virginal. Santo Anselmo explica ainda que o pavio dentro da vela simboliza a alma de Cristo e a chama simboliza a sua divindade”, acrescentou. Embora esta tradição não seja tão conhecida hoje, muitas paróquias, em diversas partes do mundo, ainda pedem que os fiéis levem velas para a missa neste dia para serem abençoadas. Você pode ir até a igreja mais próxima e perguntar se essa bênção acontecerá. As velas são tradicionalmente utilizadas em situações difíceis, em casos de doença ou na noite do Dia de Todos os Santos.

Fotos: Fabíola Ribeiro (PASCOM SBJM)