Início
  • A Paróquia
  • Horário de Missas
  • Agenda Paroquial
  • Pastorais
  • Movimentos
  • Comunidades
  •  
    Palavra de Salvação
     

    3º DOMINGO DA QUARESMA

    SE VÓS NÃO VOS CONVERTERDES, IREIS MORRER TODOS DO MESMO MODO

    No terceiro domingo da quaresma a liturgia nos propõe o texto de Lc 13,1-9. O texto proposto pode ser dividido em duas partes distintas, embora conectadas pela temática da conversão.

    Na primeira parte do texto Jesus, seguindo o estilo dos profetas, percebe nos acontecimentos da vida sinais de Deus que convidam o ser humano a uma conversão. Jesus cita dois exemplos históricos: o primeiro uma de repressão violenta por parte de Pilatos contra galileus; e o segundo um acidente, queda de uma torre perto da piscina de Siloé. Em ambos os casos temos como resultado a morte das pessoas envolvidas.

    Diante destes fatos Jesus ensina que aqueles que morreram nestes desastres não eram piores do que os que sobreviveram. Com essa conclusão, Nosso Senhor contesta a teologia judaica que estabelecia uma associação entre pecado e castigo. No caso específico, esta doutrina levava à seguinte conclusão: “nós somos justos, porque nos livramos desse fim horrível”. Jesus refuta esta teologia e convida a todos (fariseus, zelotes, galileus) à conversão. Este convite fica evidente na frase do versículo 5: “se não vos arrependerdes perecereis todos do mesmo modo”. Esta fala de Cristo deve ser entendida como um convite à mudança de vida; se ela não ocorrer, quem vencerá é o egoísmo que conduz à morte.

    A segunda parte do nosso evangelho narra a parábola da figueira infértil que é poupada do corte, a fim de, receber um cuidado especial para que no futuro possa dar frutos. A imagem da figueira que não dá fruto já era conhecida pelos Judeus. Esta árvore infrutífera simboliza o comportamento infiel do povo de Deus. No Antigo Testamento a figueira é símbolo de Israel (cf. Os 9,10); a figueira, é também, símbolo da falta de resposta do povo à aliança (cf. Jr 8,13). Ao usar essa linguagem, Lucas está a dizer que Deus espera que Israel dê frutos, isto é, se converta e acolha a proposta salvadora de Jesus.

    Os fatos narrados nessa perícope não se restringem ao passado; são atuais. Jesus oferece a todos uma oportunidade de conversão, ou seja, de mudança radical de vida e mentalidade. A nossa Igreja, de modo especial, dispõe a nós um tempo oportuno para a nossa conversão: a quaresma. Aproveite esse tempo para se arrepender dos seus pecados e buscar uma conversão verdadeira.

    Pe. Túlio Marcos Ribeiro Corrêa, SCJ
    Sacerdote do Coração de Jesus
    Vigário Paroquial da Paróquia de Sant´Ana de Lavras.

     
     
    Clique aqui e
    confira a programação!
     
    INDIVIDUALMENTE OU EM ROMARIA, VENHA NOS VISITAR!
    Praça Senhor Bom Jesus de Matosinhos, 309 - Matosinhos - São João Del Rei | MG - cep: 36305142
    Contatos: (32) 3371-5224 (Secretaria Paroquial) e 032 9 9954 2266 (Whatsapp)
    E-mail: sbjmatosinhos@mgconecta.com.br