Início
  • A Paróquia
  • Horário de Missas
  • Agenda Paroquial
  • Pastorais
  • Movimentos
  • Comunidades
  •  
    Notícia
     
    Solenidade de Santa Maria, Mãe de Deus.
     
    Data da publicação: 31 de dezembro de 2015
     

    SOLENIDADE DE SANTA MARIA, MÃE DE DEUS
    1º de janeiro

    Proclamando Maria Mãe de Deus, a Igreja quer, portanto, afirmar que Ela é a Mãe do Verbo encarnado, que é Deus. Por isso, a sua maternidade não se refere a toda a Trindade, mas unicamente a segunda Pessoa, ao Filho que, ao encarnar-se, assumiu dela a natureza humana. A maternidade é relação entre pessoa e pessoa: uma mãe não é Mãe apenas do corpo ou da criatura física saída do seu seio, mas da pessoa que ela gera. Maria, portanto, tendo gerado segundo a natureza humana a pessoa de Jesus, que é a pessoa divina, é Mãe de Deus. Ao proclamar Maria Mãe de Deus, a Igreja professa com uma única expressão a sua fé acerca do Filho e da Mãe. Esta união emerge já no Concílio de Éfeso; com a definição da maternidade divina de Maria, os Padres queriam evidenciar a sua fé a divindade de Cristo. Não obstante as objeções, antigas e recentes, acerca da oportunidade de atribuir este título a Maria, os cristãos de todos os tempos, interpretando corretamente o significado dessa maternidade, tornaram-no uma expressão privilegiada da sua fé na divindade de Cristo e do seu amor para com a Virgem.

    A expressão Mãe de Deus” remete ao Verbo de Deus que, na Encarnação, assumiu a humildade da condição humana, para elevar o homem à filiação divina. Mas esse título, à luz da dignidade sublime conferida à Virgem de Nazaré, proclama, também, a nobreza da mulher e sua altíssima vocação. Com efeito, Deus trata Maria como pessoa livre e responsável, e não realiza a Encarnação de seu Filho senão depois de ter obtido o seu consentimento. Seguindo o exemplo dos antigos cristãos do Egito, os fiéis entregam-se Àquela que, sendo Mãe de Deus, pôde obter do divino Filho as graças da libertação dos perigos e da salvação eterna.


    DIA MUNDIAL DA PAZ
    1º de janeiro

    A Santa Sé anunciou o tema para o 49º dia mundial da Paz.
    "Vence a indiferença e conquista a paz" é o tema escolhido pelo Papa Francisco naquele que será o terceiro dia mundial da paz deste pontificado.
    Na informação é referido que "a indiferença em relação às chagas do nosso tempo é uma das causas principais da falta de paz no mundo. A indiferença hoje é muitas vezes ligada a diversas formas de individualismo que produzem isolamento, ignorância, egoísmo e, por conseguinte, falta de compromisso".  Deste modo é fundamental "formar e educar consciências para a paz" ajudando "famílias, professores, educadores e medias" nesta tarefa.

    "A paz deve ser conquistada: não é um bem que se obtém sem esforços, sem conversão, sem criatividade e confronto. Trata-se de sensibilizar e formar ao sentido de responsabilidade relativo a questões gravíssimas que afligem a família humana, como o fundamentalismo e os seus massacres, as perseguições por causa da fé e da etnia, as violações da liberdade e dos direitos dos povos, a exploração e a escravização das pessoas, a corrupção e o crime organizado, as guerras e o drama dos refugiados e dos migrantes forçados. Esta obra de sensibilização e formação considerará, do mesmo modo, também as oportunidades e possibilidades para combater estes males: o desenvolvimento de uma cultura da legalidade e a educação ao diálogo e à cooperação são, neste contexto, formas fundamentais de reação construtiva", conclui o anuncio da temática para o dia mundial da paz 2016.

     
     
     
    Compartilhe:
     
    < voltar
     
    Clique aqui e
    confira a programação!
     
    INDIVIDUALMENTE OU EM ROMARIA, VENHA NOS VISITAR!
    Praça Senhor Bom Jesus de Matosinhos, 309 - Matosinhos - São João Del Rei | MG - cep: 36305142
    Contatos: (32) 3371-5224 (Secretaria Paroquial) e 032 9 9954 2266 (Whatsapp)
    E-mail: sbjmatosinhos@mgconecta.com.br