Início
  • A Paróquia
  • Horário de Missas
  • Agenda Paroquial
  • Pastorais
  • Movimentos
  • Comunidades
  •  
    Notícia
     
    Dom Célio nos fala sobre o Tempo Quaresmal
     
    Data da publicação: 18 de fevereiro de 2015
     

       Iniciamos no próximo dia 18 de fevereiro o novo Tempo Litúrgico na Igreja a que chamamos de Quaresma. Este tempo se inicia com a celebração da Quarta-feira de Cinzas e se conclui com o início do Tríduo Pascal, na Missa da Ceia do Senhor, na Quinta-feira Santa à tarde.
       Neste tempo somos convidados a fazer uma profunda experiência de conversão pessoal, lembrando-nos de nossa condição de cristãos batizados que desejamos fazer uma caminhada semelhante à de Jesus Cristo: Ele passou pelo sofrimento, pela morte e chegou à ressurreição. Nós, cristãos, pela vivência dos sacramentos fazemos um caminho junto a Jesus, porque desejamos morrer aos nossos pecados, compartilhar dos sofrimentos de Jesus Cristo e com Ele chegarmos à experiência de uma nova vida que nos é concedida na Páscoa.
       O tempo do Quaresma é assim muito rico em momentos celebrativos, com a proposta de textos adequados na liturgia que nos levam a refletir sobre o sentido da penitência, do jejum, da oração. A quarta-feira de Cinzas dá este tom a partir do próprio evangelho que é proclamado, de Mt 6, 1-6.16-18, como também do rito de mudança de atitudes com a recepção de cinzas sobre nossas cabeças, com a indicação do texto bíblico: “Convertei-vos e crede no Evangelho” ( Mc 1, 15).
       No primeiro domingo da Quaresma entramos com Jesus Cristo na experiência do deserto. Ele foi levado ao deserto para ser tentado pelo demônio. Em sua humanidade se confrontou com aquilo que se tornara uma oposição ao Projeto de Deus nas propostas apresentadas pelo demônio. No entanto, soube vencer as tentações e sair vitorioso para levar à frente o Projeto da Salvação, que lhe pedia doação total até a morte de cruz.
    Quando acompanhamos estes momentos de Jesus Cristo, procuramos nos reconciliar com Deus pelo Sacramento da Penitência, pela prática de ações de caridade e renovamos a força do nosso Batismo.
       As paraliturgias da Quaresma, como as Procissões, as orações da Via-Sacra, as reuniões em grupos para oração, são meios em que demonstramos o valor de um povo que faz a experiência da comunidade, muito semelhante à experiência do Povo de Israel em sua caminhada pelo deserto em busca da Terra Prometida. Esta chegará pela celebração da Páscoa, vitória de Jesus Cristo, vitória da Igreja, vitória pessoal de cada um de nós que levamos a sério este tempo.
    Também estamos atentos no tempo da Quaresma a celebrar a Campanha da Fraternidade. Em todas as Dioceses do Brasil, há mais de 50 anos, que se aproveita deste tempo para realizarmos a experiência da Fraternidade, quando a CNBB nos propõe a reflexão de temas que correspondam aos nossos compromissos com a transformação das realidades sociais do nosso país. Neste ano refletiremos sobre o tema: “Fraternidade: Igreja e Sociedade”, fundamentado no exemplo de Jesus Cristo: “Eu vim para servir” (Mc 10, 45). O tema da Campanha da Fraternidade é uma proposta de aproximação da Igreja com a Sociedade na reflexão e no diálogo de temas fundamentais para transformações sociais da realidade pela qual passa nosso país. Também, no Domingo de Ramos, é feita a Coleta da Solidariedade, como um gesto concreto de nossa participação em projetos comuns mantidos pela CARITAS em todo o Brasil.
       Que saibamos viver intensamente este tempo da Quaresma. É momento oportuno para o nosso crescimento na fé e no seguimento a Jesus Cristo.

     
     
     
    Compartilhe:
     
    < voltar
     
    Clique aqui e
    confira a programação!
     
    INDIVIDUALMENTE OU EM ROMARIA, VENHA NOS VISITAR!
    Praça Senhor Bom Jesus de Matosinhos, 309 - Matosinhos - São João Del Rei | MG - cep: 36305142
    Contatos: (32) 3371-5224 (Secretaria Paroquial) e 032 9 9954 2266 (Whatsapp)
    E-mail: sbjmatosinhos@mgconecta.com.br